“Nossas ações, por menores que pareçam, são capazes de mudar o mundo. A cada momento, fazemos escolhas sobre nossos modos de vida. Se nos conectarmos com o planeta e uns com os outros, seremos uma ponte para um futuro sustentável. Cada um de nós faz o seu amanhã e juntos fazemos os nossos – os amanhãs que queremos.”

CONTATO
 

Email: contato@pimontarquitetura.com.br

Telefone: +48 30251200 / 99980-6485

 
 
 
     
     
 
Casa Cacupé
Estrutura metálica e concreto aparente
CATEGORIA
Residenciais
PROJETOS RELACIONADOS
A casa de cacupé
01.
A casa de cacupé
Nessa casa, em Florianópolis, um programa de necessidades muito específico foi a linha mestra para atingir uma arquitetura tão fora do comum. A primeira expectativa dos proprietários na encomenda do projeto era resgatar de alguma forma a vista deslumbrante que os levou a comprar o terreno - a baía norte da Ilha de Santa Catarina, desde as ilhas de Ratones - na saída da baía - até a ponte Hercílio Luz, no centro da cidade. A construção da casa vizinha, com sua fachada praticamente "cega" e seu alto volume de reservatório de água, eliminou qualquer chance de terem alguma vista do andar térreo, e mesmo de um segundo pavimento convencional. O projeto que eles já tinham para o terreno perdeu todo o sentido, e quase venderam o terreno.
Para felicidade deles e nossa, nos encontramos antes disso.
02.
Nessa casa, em Florianópolis, um programa de necessidades muito específico foi a linha mestra para atingir uma arquitetura tão fora do comum. A primeira expectativa dos proprietários na encomenda do projeto era resgatar de alguma forma a vista deslumbrante que os levou a comprar o terreno - a baía norte da Ilha de Santa Catarina, desde as ilhas de Ratones - na saída da baía - até a ponte Hercílio Luz, no centro da cidade. A construção da casa vizinha, com sua fachada praticamente "cega" e seu alto volume de reservatório de água, eliminou qualquer chance de terem alguma vista do andar térreo, e mesmo de um segundo pavimento convencional. O projeto que eles já tinham para o terreno perdeu todo o sentido, e quase venderam o terreno. Para felicidade deles e nossa, nos encontramos antes disso.
Conversando sobre a casa, elaboramos mais o "programa de necessidades". Um casal maduro, com filhos adultos que já nem moram na cidade, precisa mesmo é de uma casa muito simples, onde possam aproveitar todas as vantagens de um "ninho vazio". A vida diária já não requer as complexidades de conviver com muita gente dentro de casa, dar privacidade a cada um.
03.
Conversando sobre a casa, elaboramos mais o "programa de necessidades". Um casal maduro, com filhos adultos que já nem moram na cidade, precisa mesmo é de uma casa muito simples, onde possam aproveitar todas as vantagens de um "ninho vazio". A vida diária já não requer as complexidades de conviver com muita gente dentro de casa, dar privacidade a cada um.
O resultado foi então uma casa "invertida". Áreas de convívio no 2o andar, áreas privadas no térreo. Comprometida ainda com o conceito original do "programa de necessidades", a casa tem todas as áreas de uso diário do casal no volume suspenso, com grande integração de todos os ambientes. Para usar palavras bastante conhecidas, um belo "loft", com quarto, sala, cozinha compartilhando um espaço único e voltado para a vista da baía, por cima da construção vizinha. O volume do térreo, fiel à sua tardia inserção no projeto, se destaca como um objeto à parte, tanto na sua geometria, desalinhada, quanto na sua materialidade, opondo ao concreto aparente do volume suspenso, o revestimento de madeira que o caracteriza e garante seu bom desempenho térmico. A garagem, enterrada no barranco que se ergue a partir da rua, "conversa" em outra lingua. Aqui as linhas se mimetizam com o formato do terreno e o gesto de abrir a entrada para os carros fica bem marcado pelas diagonais em concreto aparente, rústico, que se encarregam da contenção do solo.
04.
O resultado foi então uma casa "invertida". Áreas de convívio no 2o andar, áreas privadas no térreo. Comprometida ainda com o conceito original do "programa de necessidades", a casa tem todas as áreas de uso diário do casal no volume suspenso, com grande integração de todos os ambientes. Para usar palavras bastante conhecidas, um belo "loft", com quarto, sala, cozinha compartilhando um espaço único e voltado para a vista da baía, por cima da construção vizinha. O volume do térreo, fiel à sua tardia inserção no projeto, se destaca como um objeto à parte, tanto na sua geometria, desalinhada, quanto na sua materialidade, opondo ao concreto aparente do volume suspenso, o revestimento de madeira que o caracteriza e garante seu bom desempenho térmico. A garagem, enterrada no barranco que se ergue a partir da rua, "conversa" em outra lingua. Aqui as linhas se mimetizam com o formato do terreno e o gesto de abrir a entrada para os carros fica bem marcado pelas diagonais em concreto aparente, rústico, que se encarregam da contenção do solo.
Assim, o projeto nasceu como um salão suspenso 3,5 metros acima do terreno, que se alcançava diretamente da garagem enterrada através de um elevador. Uma casa só com o "2o andar". O terreno passaria "intacto" sob a casa, mantendo seu perfil original. A partir desse primeiro lançamento radical, algumas idéias do "programa de necessidades" evoluíram. A possibilidade de receber confortavelmente os filhos em visitas ocasionais, a facilidade de vender a casa no futuro, levaram o casal a optar por ter sim uma ocupação no nível do térreo, mantendo a idéia de viverem eles sim, suspensos.
05.
Assim, o projeto nasceu como um salão suspenso 3,5 metros acima do terreno, que se alcançava diretamente da garagem enterrada através de um elevador. Uma casa só com o "2o andar". O terreno passaria "intacto" sob a casa, mantendo seu perfil original. A partir desse primeiro lançamento radical, algumas idéias do "programa de necessidades" evoluíram. A possibilidade de receber confortavelmente os filhos em visitas ocasionais, a facilidade de vender a casa no futuro, levaram o casal a optar por ter sim uma ocupação no nível do térreo, mantendo a idéia de viverem eles sim, suspensos.
Rasgos no concreto
06.
Rasgos no concreto
Varanda entre quarto e sala
07.
Varanda entre quarto e sala
Integração entre os ambientes
08.
Integração entre os ambientes
A vista no fim do dia
09.
A vista no fim do dia
A cobertura da casa
10.
A cobertura da casa
A partir desse primeiro lançamento radical, algumas idéias do "programa de necessidades" evoluíram. A possibilidade de receber confortavelmente os filhos em visitas ocasionais, a facilidade de vender a casa no futuro, levaram o casal a optar por ter sim uma ocupação no nível do térreo, mantendo a idéia de viverem eles sim, suspensos.
11.
A partir desse primeiro lançamento radical, algumas idéias do "programa de necessidades" evoluíram. A possibilidade de receber confortavelmente os filhos em visitas ocasionais, a facilidade de vender a casa no futuro, levaram o casal a optar por ter sim uma ocupação no nível do térreo, mantendo a idéia de viverem eles sim, suspensos.
Sala de música
12.
Sala de música